Tenha como Templo o Universo, como Prece o Trabalho, com Fé o Amor, Como Religião a Caridade - Babajiananda (Pai Tomé)


Entender a causa de nossos defeitos.

Compartilhe

norizonte
Membro
Membro

Mensagens : 6
Data de inscrição : 10/04/2015

Entender a causa de nossos defeitos.

Mensagem por norizonte em Seg Abr 13, 2015 9:20 am

Olá pessoal.

Criei um tópico no fórum Espírita para tratar sobre as causas da vaidade, mas não está indo muito para frente.

Gostaria de propor aqui também essa questão. Da vaidade, nasce o orgulho (e já ouvi dizer que vaidade e orgulho podem ser considerados sinônimos). Segundo ouvi da dra Anete Guimarães, por outro lado, e se não faço confusão: vaidade seria pensar que 'eu' sou bom ou o melhor; orgulho seria 'eu' necessitar que os outros assim me considerassem, bom ou melhor.

Certa vez assistindo a um vídeo de entrevista com o 'pai Joaquim' ele questionou o entrevistador que deveria buscar entender por que este não gostaria de ser chamado de feito, se alguém o chamasse.

Certa vez lendo 'o elogio da loucura' de Erasmo, fiquei com uma ideia que o autor apresentou: parafraseando, '..que se acabar acabar a autoestima tudo mais não terá sentido..'

Sabemos que a maioria dos sofrimentos pessoais, e causados aos outros surge da vaidade, do orgulho dos encarnados.

Seguindo sugestão de 'pai Joaquim', como poderíamos avaliar esse defeito, o da vaidade? como poderíamos saber por que somos vaidosos? qual a causa desse defeito?

Abraço.





avatar
Monge Aprendiz
Administrador
Administrador

Mensagens : 68
Data de inscrição : 19/12/2014
Localização : Gaia - Cosmo

Re: Entender a causa de nossos defeitos.

Mensagem por Monge Aprendiz em Qui Abr 16, 2015 3:49 pm

Olá norizonte;

Muitos são os chamados vícios morais (prefiro essa expressão do que defeitos) tão discutidos e comentados no meio espiritualista tais como: maledicência, inveja, avareza, ciúmes, preguiça, negligência, vingança, intolerância, orgulho, vaidade e outros, todos advindos do vício maior que é o egoísmo. A este respeito, somente como referencial para discussão, transcrevo a pergunta n. 913 do Livro dos Espíritos:

913. Dentre os vícios, qual o que se pode considerar radical?

“Temo-lo dito muitas vezes: o egoísmo. Daí deriva todo mal. Estudai todos os vícios e vereis que no fundo de todos há egoísmo. Por mais que lhes deis combate, não chegareis a extirpá-los, enquanto não atacardes o mal pela raiz, enquanto não lhe houverdes destruído a causa. Tendam, pois, todos os esforços para esse efeito, porquanto aí é que está a verdadeira chaga da sociedade. Quem quiser, desde esta vida, ir aproximando-se da perfeição moral, deve expurgar o seu coração de todo sentimento de egoísmo, visto ser o egoísmo incompatível com a justiça, o amor e a caridade. Ele neutraliza todas as outras qualidades.”


Penso eu, que a predominância de um ou mais vícios tem muito que ver com a "caminhada" de cada espírito dentro das suas múltiplas experiências na matéria (reencarnações) num contínuo processo pedagógico de aprendizagem, onde através destas experiências a criatura é "convidada" a sublimar a má inclinação (vício) adquirida e sedimentada em seu espírito imortal muitas vezes inclusive por questões ligadas a sobrevivência, uma vez que se observarmos na natureza, sobretudo nos reinos inferiores ao hominal, as espécies sobrevivem e se perpetuam em razão de comportamentos egoicos, por exemplo, numa matilha de filhotes de cães aquele que não conseguir mamar estará condenado à morte, entre alguns pássaros (como o pavão) aquele que possui as penas mais exuberantes possuem melhores condições de se acasalar, e assim vai. Alguns estudiosos e espiritualistas atribuem que o comportamento egoísta de algumas pessoas e consequentemente os seus vícios morais possam ter origem na marcha evolutiva do princípio inteligente nos diversos reinos da natureza. Fato é que o egoísmo e as suas diversas facetas devem ser superadas, diria inclusive substituídas pelas virtudes (qualidades) como a humildade, bondade, generosidade, mansuetude, tolerância, indulgência, paciência e a maior de todas, a caridade (desinteressada) que em essência de confunde com o próprio amor.

Abraço meu irmão, e obrigado pela oportunidade do diálogo e da troca de informações!

Isis2015
Colunista
Colunista

Mensagens : 223
Data de inscrição : 06/02/2015
Localização : Brasília

Re: Entender a causa de nossos defeitos.

Mensagem por Isis2015 em Sab Abr 25, 2015 7:59 pm

Boa noite a todos!

uma vez que se observarmos na natureza, sobretudo nos reinos inferiores ao hominal, as espécies sobrevivem e se perpetuam em razão de comportamentos egoicos, por exemplo, numa matilha de filhotes de cães aquele que não conseguir mamar estará condenado à morte, entre alguns pássaros (como o pavão) aquele que possui as penas mais exuberantes possuem melhores condições de se acasalar, e assim vai. Alguns estudiosos e espiritualistas atribuem que o comportamento egoísta de algumas pessoas e consequentemente os seus vícios morais possam ter origem na marcha evolutiva do princípio inteligente nos diversos reinos da natureza. Fato é que o egoísmo e as suas diversas facetas devem ser superadas, diria inclusive substituídas pelas virtudes (qualidades) como a humildade, bondade, generosidade, mansuetude, tolerância, indulgência, paciência e a maior de todas, a caridade (desinteressada) que em essência de confunde com o próprio amor.



Amigo Monge, ficou mais fácil de compreender  as facetas do egoísmo com sua explicação, compartilho do seu entendimento, o comportamento egoico garante  a sobrevivência das espécies e a natureza contribui para isso, neste sentido esse comportamento egoico ao meu entender é saudável,  observarmos  isso também no reino hominal, o bebê antes mesmo de nascer é controlado pelo ego na barriga da mãe, se ao nascer ele  não chorasse pedindo alimento poderia morrer de fome, ao mamar se aninhando afetuosamente a sua mãe,  ele desenvolve uma carinhosa e calorosa ligação com ela, é a lei da sobrevivência em movimento, ele precisa satisfazer suas necessidades,  precisa de alimentação,segurança, carinho e amor, enfim, precisa de cuidados especiais para desenvolver e cresce e neste momento o que importa é ele.

Portanto, o bebê já nasce egocêntrico(centro das atenções), neste caso o impulso do ego é o instrumento que irá trazer felicidade e satisfação das suas necessidades, tudo direcionado a sua sobrevivência.

Podemos observar em algumas crianças com idade de 03 anos sinais de egoísmo, isso porque elas  não sabem ou ainda não aprenderem a se  colocarem no lugar do outro, nem aprenderam a  lidar com as frustrações de não ter o que deseja, motivo pelo qual, neste momento o papel dos pais é de extrema importância, pois cabe aos  pais não só assegurar o bem estar físico dos filhos, mas principalmente educar, educar com amor e paciência, dar o exemplo, ensinar  a seus filhos desde cedo, a grandiosidade da palavra compartilhar, dividir com o outro, em vez de ficar com tudo, fazer ao outro aquilo que gostaríamos que nos fizessem,  explicar com amor o porque que a criança não pode ter o que quer, e também ensinar que todos nós temos a sementinha de Deus, a Centelha Divina, sinalizando que somos filhos do mesmo Pai(criador).

se os pais agirem assim, se nós agirmos assim,  com as crianças que temos contato, com certeza no futuro, teremos um mundo bem  melhor, com adultos mais generosos e altruísta, pois com a prática das virtudes, o egoísmo e as suas diversas facetas, aos poucos  irão se dissolver....

O ego sem dúvida  dentre os vícios é considerado radical, porque de fato dele pode derivar( se e somente se deixarmos)  o orgulho, a ambição, a cupidez, o ódio, o ciúme e a inveja.

Portanto se faz necessário, urgente e essencial elevarmos nosso pensamentos a Deus, dia a dia,  pedindo com toda força do coração, para que Ele nos ajude a praticar os sentimentos mais nobres que o Cristo nos ensinou, a Humildade, a Simplicidade, a Bondade, a Paciência, a Abnegação, a Caridade, a Fraternidade.....  até que um dia nosso ego se dissolva...

Que tenhamos Paz, Luz e Discernimento em nossos corações.

com carinho

Isis

Conteúdo patrocinado

Re: Entender a causa de nossos defeitos.

Mensagem por Conteúdo patrocinado


    Data/hora atual: Sex Out 20, 2017 1:55 pm